Histórico



     A localidade nasceu com o nome de linha Giruá, pertenceu inicialmente ao município de Cruz Alta. Posteriormente passou a pertencer ao município  de Santo Ângelo e no ano de 1931 a Santa Rosa. Em 28 de janeiro de 1955, com a emancipação de Giruá, passou a pertencer a este Município, já com a denominação de Salgado Filho, quando foi elevado a condição de Distrito ( 2º distrito).  Colonizado por imigrantes alemães, suecos, russos e austríacos, o município tem como principal característica as pequenas propriedades rurais, denominadas minifúndios. 

     O início do povoamento ocorreu por volta dos anos de 1906 e 1907, nas denominadas Linhas República e Giruá. Sabe-se que as terras começaram a ser divididas em lotes rurais a partir de 1897. Este processo de loteamento, no entanto, se encerrou somente vinte anos depois, em 1917. Os primeiros moradores, chegaram à região nos anos de 1906 e 1907. Uma segunda leva de imigrantes, estabeleceu – se nas localidades, entre os anos de 1908 e 1911, oriundos de “Estados Satélites” da Ex–União Soviética (Ucrânia, Polônia), do antigo Império Prussiano e, principalmente, da Alemanha. Eram pessoas na maioria em fuga devido às revoluções que determinaram o fim dos czares na Rússia e ascensão do nazismo na Alemanha, e de todos os acontecimentos da Primeira Guerra Mundial.  Já no Brasil, padres missionários indicaram Salgado Filho como alternativa para fixar residência, devido a semelhança do clima e das condições do solo. Além do mais as terras poderiam ser adquiridas e pagas mediante prestação de serviços para o Governo (construção de estradas, medições, etc). Todos receberam uma pequena ajuda do Governo, destacando -se a distribuição de sementes.

     Relatos orais afirmam que até o município de Cruz Alta as famílias vinham em caravanas. Dali, os homens vinham na frente à procura dos lotes então já abertos por companhias de colonização, mediante apoio do Governo Federal. As mulheres com as crianças seguiam na retaguarda. No vizinho município de Guarani das Missões havia uma paragem, tipo entreposto de fiscalização. Os imigrantes de origem “polonesa” ficavam à esquerda do Rio Comandaí..

     Cerca de 80% da população é classificada de origem alemã, enquanto os 20% restantes são atribuídos a outras etnias, como polonesa, portuguesa, italiana e pomerana. A maioria destes imigrantes, na verdade, são oriundos do antigo Império da Prússia, que tinha como língua oficial, alemã, mas abrangia uma vasta área que hoje são os países da Polônia e Ucrânia, especialmente de uma região chamada “Wollinien”.

     No ano de 1991 compõe-se  a comissão emancipacionista para lutar pela emancipação de Salgado Filho, a qual é alcançada em  29 de dezembro de 1995  conforme Lei Estadual nº 10.662,  e tendo seu primeiro ano de  administração em janeiro de 1997,  passando a se chamar SENADOR SALGADO FILHO, pertencente a Região Noroeste, tendo como seus limites ao norte: Santa Rosa, ao sul: Guarani das Missões, ao leste: Giruá e ao oeste: Ubiretama; com 2.926 habitantes, área de 147 Km², altitude de 305m, relevo plano, levemente ondulado, solo vermelho, vegetação constituída de pequenas reservas de mata nativa; tendo em destaque o Rio Amandaú divisa com Santa Rosa, e os seguintes lajeados: Giruá, Lambedor, Giruazinho, Canal Torto, Vermelho e os arroios Quebra Dente divisa com Giruá e Fundãozinho; tem sua economia baseada principalmente na agricultura, com as plantações de soja, milho e trigo; na pecuária destaque  para a produção de leite e derivados; pequenas indústrias como: olarias, destilarias de aguardente, esquadrias metálicas, aberturas e móveis de madeira e em destaque a indústria de chás.  Possui os seguintes distritos: 1º) sede, 2º)  Vila Esquina Ipiranga, 3º) Vila Oito de Agosto, 4º) Vila Giruazinho. Na saúde, amplo posto de saúde na sede e em menor escala nos distritos. Na educação possuí seis escolas municipais, uma estadual de ensino fundamental e outra estadual de ensino médio.


Enviar por e-mail Imprimir

Fale conosco

Mande suas críticas e sugestões para o portal

Contato

Imprensa

Se você é imprensa cadastre-se e receba as notícias fresquinhas

Cadastre-se

Curta

Rua: Henrique Osvaldo Pukall, 80, CEP 98895-000 - (55) 3614 1200 | 3614 1195

Horário de atendimento: 8h às 12h - 13h30 às 17h30

Visualizar mapa